Sexta-feira, 7 de Maio de 2010

Sem direcção

Meu coração agora vive sem direcção

Sem rumo nem razão

Desde o momento em que me abandonaste

E sem motivo me deixaste...

Sinto uma enorme amargura

De não poder te ter

Tudo em ti era ternura

E agora como voltar a viver?

Perdida no meio da escuridão

Eu me sinto sem ti

Tudo virou desilusão

Desde o dia em que te perdi...

Sabes qual a maior dor?

É saber que tambem me amavas

Onde ficou o teu amor

Quando era só por mim que chamavas??

Nestas tristes noites de primavera

Eu na cama a chorar

Recordo tdos os momentos em que era

Doce A nossa forma de amar...

Sigo a vida sem verdade

Vivendo de dor e solidão

Morro de saudade

Dos nossos momentos em que me chamavas coração...

Uma saudade inegualavel

Sem tu nem de mim quereres saber

Meu amor é imcomparavel

A todos os possas vir a ter....

 

 

Publicado por elisabete-varela às 23:45
link do post | comentar | favorito

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Poemas recentes

. Sem direcção

.arquivos

. Novembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Dezembro 2012

. Abril 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Maio 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds